FANDOM


A segunda maior presidência dentro da Igreja Mórmon é conhecida como o Quorum dos Doze.

O Título Quorum dos Doze provém da designação escriturística do grupo, que às vezes é citado como o Quorum dos Doze Apóstolos, Conselho dos Doze, Doze Apóstolos ou simplesmente como os Doze.

Este grupo serve sob a direção da Primeira Presidência, que consiste de três Sumo-Sacerdotes, geralmente escolhidos dentre os que compõem o Quorum dos Doze. Estes dois grupos (o Quorum dos Doze e a Primeira Presidência) portam todos os direitos e a autoridade para administrar nos assuntos temporais e espirituais da Igreja.


História Editar

O Quorum dos Doze consiste de doze homens ordenados apóstolos do Senhor Jesus Cristo.

Os Mórmons crêem que este grupo é idêntico, em organização e autoridade, ao grupo com o mesmo nome que foi organizado pelo próprio Salvador, quando Ele estava na Terra.

Na época atual, os primeiros membros do Quorum dos Doze foram ordenados no dia 14 de fevereiro de 1835. Sob a direção de Joseph Smith, os primeiros doze foram escolhidos pelas Três Testemunhas do Livro de Mórmon:

Oliver Cowdery, David Whitmer e Martin Harris.

Estes três escolheram e ordenaram os que compunham o primeiro Quorum dos Doze, sendo eles Thomas B. Marsh, David W. Patten, Brigham Young, Heber C. Kimball, Orson Hyde, William E. McLellin, Parley P. Pratt, Luke S. Johnson, William B. Smith, Orson Pratt, John F. Boynton e Lyman E. Johnson.

Eles foram chamados para ser testemunhas especiais de Cristo e para pregar o evangelho restaurado por todo o mundo. O profeta Joseph Smith disse o seguinte sobre eles:


' Eles são os Doze Apóstolos, que foram chamados para o ofício de Grande Conselho Viajante, que devem presidir sobre as Igrejas dos Santos, entre os Gentios, onde houver uma presidência estabelecida; e eles devem viajar e pregar entre os Gentios, até que o Senhor os ordene a irem aos Judeus. Eles é que portam as chaves deste ministério, para destrancar a porta do Reino do Céu a todas as nações e para pregar o Evangelho a toda criatura. Este é o poder, a autoridade e a virtude do Apostolado.' (Joseph Smith, History of The Church of Jesus Christ of Latter-day Saints, 7 vols. 2:200)


Em janeiro de 1841, Brigham Young foi designado como Presidente do Quorum dos Doze Apóstolos e, em março de 1844, Joseph Smith conferiu sobre o Quorum todas as ordenanças, chaves e autoridades que ele possuía. Por esta razão os membros da Igreja consideram os Doze como profetas, videntes e reveladores para toda a Igreja.

Após a morte de Joseph Smith, a Igreja encarou a questão de como a sucessão nas presidências deveria ocorrer. A confusão resultante foi resolvida quando o Quorum dos Doze foi apoiado pelos membros da Igreja como sucessores da Primeira Presidência.

Os Doze, sob a direção de Brigham Young, governaram a Igreja de junho de 1844 até dezembro de 1847, durante o êxodo para o oeste, em direção ao Vale do Lago Salgado. Os Doze então apoiaram Young como Presidente da Igreja em 5 de dezembro de 1847, perto de Winter Quarters, Nebraska, e essa decisão foi, subseqüentemente, apoiada pela Igreja como um todo, em uma conferência datada de 27 de dezembro de 1847.


Deveres dos Doze Editar

Os membros do Quorum dos Doze são responsáveis por toda a administração da Igreja e a divulgação do Evangelho pelo mundo.

Eles servem em comitês estabelecidos pela Primeira Presidência e pelos membros do Quorum. As designações para os comitês mudam periodicamente. Os Doze freqüentemente são designados pela Primeira Presidência para falar em sessões da Conferência Geral, mas o assunto raramente é dado. O Presidente do Quorum dos Doze também pode dar designações para os outros Apóstolos assistirem a conferências da Igreja, regionais ou de área. Os membros da Igreja consideram as mensagens da Primeira Presidência e do Quorum dos Doze como inspiradas, mas não infalíveis. (ver Doutrina e Convênios 68:4)

Os Apóstolos buscam levar o Evangelho a todas as nações e, sob a direção da Primeira Presidência, reúnem-se com chefes de estado de vários países para obter a permissão oficial para ensinar o evangelho. O Quorum dos Doze reúne-se no Templo de Salt Lake, com freqüência todas as semanas, para conduzir todos os negócios que requerem decisões do Quorum. Eles buscam unanimidade em todas as suas decisões. (Doutrina e Convênios 107:27).

Se um acordo não é alcançado, o assunto é reagendado para maior consideração. Se uma decisão unânime é alcançada, então o assunto é levado para um conselho entre a Primeira Presidência e o Quorum dos Doze, que discutem as ações que serão levadas a cabo.

Quando os Apóstolos agem sob a direção da Primeira Presidência, eles têm autoridade para receber revelações que os guiem em suas designações, o que inclui supervisionar outros líderes da Igreja, estacas e missões. Contudo, somente o Presidente da Igreja possui o direito e a autoridade para receber revelações para a Igreja como um todo. (Doutrina e Convênios 28:2-3)


Do Chamado ao Apostolado Editar

Os membros do Quorum dos Doze servem por toda a vida, a não ser que sejam removidos de sua posição por iniqüidade ou por resignação. Quando houver menos de doze homens no Quorum, é necessário que um novo Apóstolo seja chamado.

Os novos Apóstolos que preencherão vagas no Quorum dos Doze são chamados pela Primeira Presidência, por meio de revelação. Não há candidatura nem indicação para esse chamado, mas vários nomes podem ser considerados. A escolha é feita da mesma forma que os antigos Apóstolos do Novo Testamento faziam, isto é, a Primeira Presidência e os membros restantes do Quorum dos Doze se reúnem e consideram os candidatos em fervorosa oração. Eles então expressam suas opiniões sobre quem poderia ser e a escolha final tem que ser unânime. (ver Atos 1:15-26) O indivíduo é, então, entrevistado pelo Presidente da Igreja e o chamado é feito. O nome é anunciado em uma conferência da Igreja para o voto de apoio dos membros de todo o mundo. Esse voto não é uma eleição, no sentido político da palavra; ele indica que o chamado foi aprovado pelos membros e que eles aceitam o novo apóstolo como tal. O indivíduo recém apoiado é então ordenado um Apóstolo pela Primeira Presidência e pelo Quorum dos Doze, que conferem sobre ele as chaves (autoridade) do Santo Apostolado. Estas chaves são as mesmas dadas por Cristo aos antigos Apóstolos, as quais foram dadas novamente a Joseph Smith e Oliver Cowdery, por Pedro, Tiago e João. As chaves dadas ao novo Apóstolo incluem a autoridade para pregar o Evangelho em todo o mundo e para selar ordenanças na terra, as quais serão seladas eternamente. (ver Mateus 16:19; 28:19-20)

Os Apóstolos são Testemunhas Especiais do nome de Jesus Cristo para todo o mundo; eles possuem uma certeza, por revelação, da ressurreição literal de Cristo e de que Ele dirige os assuntos de Sua Igreja. Desde a época de Joseph Smith, 94 homens foram chamados e apoiados como Apóstolos. O atual Quorum dos Doze é composto pelos seguintes homens:


  • Elder Boyd K. Packer (Presidente Interino do Quorum dos Doze)


  • Elder L. Tom Perry


  • Elder Russel M. Nelson


  • Elder Dallin H. Oaks


  • Elder M. Russel Ballard


  • Elder Joseph B. Wirthlin


  • Elder Richard G. Scott


  • Elder Robert D. Hales


  • Elder Jeffrey R. Holland


  • Elder Henry B. Eyring


  • Elder Dieter F. Uchtdorf


  • Elder David A. Bednar

As biografias destes homens podem ser encontradas no Site Oficial da Igreja www.lds.org.br ou www.lds.org

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória